Cuidados com o pêlo do seu gato persa

O pêlo do gato persa é uma das suas maiores preciosidades. É uma característica peculiar aos persas, assim como o seu nariz achatado.

Pode-se dizer que um gato com o pêlo em bom estado é um gato em forma. O contrário pode não significar o mesmo, poderá dizer que o gato tem um dono “preguiçoso” ou ainda necessitar de ajuda.

Com isto queremos dizer que os gatos persa necessitam de ajuda (ainda mais que as outras raças) para manter um bom pêlo, quer com uma alimentação equilibrada, quer com cuidados diários, que muitas vezes podem não que levam mais de cinco minutos por dia.

Mas não se desespere, pois um dia ou outro você poderá descansar.

Devemos pentear o gato, inicialmente com um pente próprio,que pode ser de metal pois não quebra tanto o pêlo do seu gatinho. Existem diversos tipos de pentes disponíveis nos pets. Deve-se penteá-lo seguindo a direção do pêlo e com movimentos curtos, pois se o gato tiver muito sub-pêlo, esta tarefa será dificultada e vai magoá-lo, tornando este momento difícil para você e para o seu gato. Após a passagem do pente podemos passar uma rasqueadeira no sentido contrário ao pêlo, com movimentos lentos e sem pressão, para soltar o pêlo, dar volume e retirar os pêlos mortos. Isso mesmo, bem de leve.

Este momento não deverá ser uma guerra entre os você e seu gato. Deverá ser um momento relaxante. Para isso deverá ter uma atitude calma mas firme, principalmente nos gatos de tenra idade que aproveitam todas as oportunidades para brincarem. Aqueles que mordem o pente, que odeiam quando penteamos o rabo deles, que nos mordem. Mas no fundo todo gato adora ser penteado. É só fazer um carinho antes que o bichano se derreterá.

Nunca magoe o seu gato, principalmente, ao penteá-lo, pois ele não irá esquecer e vai associar sempre este momento a dor e então vai transformar este momento numa verdadeira guerra.

Se você verificar que seu gato tem tufos de pêlo, ou nós no pêlo (pêlo embolado), retire-os antes de pentear, abrindo os tufos ou nós com os dedos e quando o pêlo estiver bem separado, retire-o bem devagar com o pente ou com a rasqueadeira.Existem no mercado produtos específicos para esta tarefa, que irão facilitar esta operação.

O rabo deverá se penteado com um pente sempre com movimentos no sentido do pêlo, depois podemos passar a rasqueadeira para dar volume nos pêlos também.

Devemos dar uma atenção especial nas zonas entre as patas (traseiras e dianteiras) e atrás das orelhas. Se verificarmos que o seu gato tem uma tendência grande para ficar com tufos de pêlo, aplique um pouco de talco, não precisa ser necessariamente para gatos. Podemos usar talcos para bebês que também servirão perfeitamente. Ou ainda podemos passar condicionador para gatos depois do shampoo ha hora do banho, pois facilitará bastante na hora de pentear o gatinho.

O pêlo, devido as secreções naturais da pele, tem tendência a ficar gorduroso e aumentar o aparecimento de tufos ou de nós. Isto também pode acontecer quando o gato está exposto a ambientes úmidos, nestes casos tenha especial atenção a manutenção do pêlo do gato, ou seja, devemos penteá-los com mais frequência.

Um banho regular de duas em duas semanas a no máximo um mês é bastante recomendado principalmente pela quantidade de pêlos dos gatos persas.

Devemos iniciar o banho utilizando um desengordurante, produto a venda nas lojas da especialidade. Depois use um shampoo especial para gato, Ou ainda se seu gato for de uma cor só (solido), você poderá usar um shampoo para gatos de cor sólida, principalmente se o gato for branco ou preto. Os gatos brancos ficam costumam ficar com o final das patas, embaixo dos olhos, rabo e algumas outras àreas amarelas, principalmente por causa da urina ou comida. Existem produtos específicos para retirada desse “amarelado” a venda nos pet shops. Termine o banho com um shampoo de volume, especial para pêlos longos, ou ainda, como já mencionado, podemos usar um condicionador para gatos.

No banho não se deve massagear o shampoo diretamente no corpo do gato. Misture na água com temperatura ligeiramente acima da temperatura normal do corpo do gato e passe a água por cima do gato. Repita esta operação até garantir o tempo necessário para que o shampoo atue. Por último, lave a cabeça do gato tomando extremo cuidado para não entrar água dentro dos ouvidos do gato. Para facilitar a não entrada de água, recomenda-se colocar um pequeno tufo de algodão nos ouvidos do gato. Após aplicação do shampoo, retire-o com água limpa e garanta que não ficam vestígios de shampoo no pêlo.

Após terminar o banho, seque muito bem o pêlo com secador apropriado para animais. Garanta que o pêlo fique bem seco, pois se ficar úmido facilitará o aparecimento de tufos ou mesmo fungos. Somente após terminar de secar o gato é que devemos retirar o algodão do ouvido do gato, pois eles odeiam o barulho do secador e estamos supondo que você já limpou a orelha do seu gatinho antes de começar o banho, certo?

Para facilitar a secagem dos pêlos, vá penteando o gato sempre no sentido da cabeça para o rabo. Devemos mais uma vez dar atenção no espaço entre as patas traseiras e dianteiras. E também atenção a barriga do gato, pois se não a pentearmos bem, com certeza se formarão nós na barriga, pois é uma área onde se formam nós com bastante facilidade.

Terminada a secagem, devemos dar mais uma penteada em toda a extensão do pêlo do seu gatinho. Se ainda quiser, você poderá passar um perfume para deixar o gatinho ainda mais cheiroso.

Por enquanto é isso.